Isolamento e Caracterização de Metabólitos Bioativos

Isolamento e Caracterização de Metabólitos Bioativos

A adaptação, defesa e proteção de plantas, micro-organismos, algas e mesmo animais aos seus habitats os tem levado à produção de importantes substâncias. Para o homem, estes chamados “metabólitos secundários ou especiais” podem ser utilizados para a prevenção e tratamento dos mais diversos tipos de patologias que o acometem. Diante deste fato, esta linha de pesquisa objetiva a busca de substâncias bioativas a partir de diversos organismos supracitados, que possam levar, isoladamente ou em conjunto, a protótipos de potenciais candidatos a fármacos com as mais diversas atividades biológicas como anti-inflamatória, bactericida, anti-tumoral, antioxidante, dentre muitas outras. As pesquisas desta linha envolvem a utilização de diversas estratégias laboratoriais, especialmente por técnicas cromatográficas clássicas ou instrumentais, além de outras, sendo aplicadas para o isolamento e purificação de substâncias orgânicas a partir de suas fontes naturais. Também é um objetivo desta linha, a identificação destas substâncias, separadamente ou em grupo, por métodos espectroscópicos conhecidos como a espectroscopia na região do IV e do UV, RMN, Espectrometria de Massas,  e por espectrometria de massas a Região do IV e do UV, muitas vezes associados diretamente a métodos cromatográficos de separação como cromatografia em fase líquida e em fase gasosa. Uma vez identificadas, as substâncias isoladas ou em suas matrizes de origem, podem, enfim, ser submetidas a diferentes testes de atividades biológicas de acordo com a estratégia de cada grupo de pesquisa no intuito de avaliar sua viabilidade como possíveis agentes terapêuticos ou preventivos.

Orientadores

Antonio Jorge Ribeiro da Silva

Bernadete Pereira da Silva

Fernanda das Neves Costa

Gilda Guimaraes Leitão

Jose Paz Parente

Maria Auxiliadora Coelho Kaplan

Roberto Carlos Campos Martins